Saúde e bem-estar, um direito de todos

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não consiste apenas na ausência de doença ou enfermidade. Gozar do melhor estado de saúde que é possível atingir constitui um dos direitos fundamentais de todo ser humano, sem distinção de raça, de religião, de credo político, de condição econômica ou social.
Já o bem-estar é o conjunto de práticas que engloba uma boa nutrição, atividade física, bons relacionamentos interpessoais, familiares e sociais, além do controle do estresse. O termo “bem-estar” aparece pela primeira vez no século XVI para designar a satisfação de necessidades físicas, enquanto que no século XVII ele refere-se à situação material que permite satisfazer as necessidades de existência.
Para conseguir bem-estar físico é importante estar sempre ativo através da prática de exercício. Não há idade para iniciar as atividades físicas, por isso, faça uma caminhada, natação ou até mesmo exercícios mais pesados, como musculação. O importante é realizar uma atividade que gere bem-estar. Além disso, é válido ter em mente que os exercícios físicos aumentam a expectativa de vida, diminuem o estresse e proporcionam mais beleza quando o assunto é estética.
Para conseguir bem-estar mental, é preciso preocupar-se com o emocional e não se estressar com pequenas coisas. Evite sentimentos ruins e sempre tente fazer com que as pessoas tenham uma experiência agradável ao seu lado.
O bem-estar social, por sua vez, diz respeito às relações sociais de cada indivíduo. Para estar bem socialmente, é necessário ter boas relações no ambiente de trabalho, com a família e sociedade em geral. Essa interação com outros indivíduos é essencial.
Para ter saúde, portanto, é essencial estar feliz e em forma, ter um bom convívio social, ter amigos e relacionar-se. Mantenha a alegria e atitudes positivas!

Cuidando de quem traz resultados, pessoas!