Dicas para prevenir o contato com a febre amarela

febre-amarela

A febre amarela é uma doença aguda e potencialmente fatal, causada por um vírus transmitido por mosquitos. Nos seus estágios iniciais, pode ser difícil distinguir a febre amarela de outras doenças, e como as possíveis consequências são bem graves, é crucial adotar medidas preventivas para se proteger. Se você acredita que corre o risco de ter a doença, existem formas para minimizar o perigo.

  1. Vacine-se

Existe uma vacina contra a febre-amarela considerada segura, com 95% de eficácia e de baixo custo, que é administrada há mais de 50 anos. Apesar de ser eficaz, a vacinação está implementada em poucos países. A vacina é a melhor prevenção e recomenda-se um reforço da mesma de dez em dez anos para manter a proteção.

  1. Não acredite em mitos

A vacina contra a febre amarela é 100% segura e de elevada eficácia. Os efeitos secundários são poucos e controlados, o seu médico pode te orientar adequadamente. Não existe evidência clínica de que a vacina provoque disfunções sexuais, amputações ou outras doenças súbitas. Não dê valor a estas crenças ou mitos populares.

  1. Doentes devem ter especial atenção

Pessoas portadoras de doenças que debilitem o sistema imunológico, como o vírus da imunodeficiência adquirida (VIH/SIDA), devem consultar o seu médico, que deverá analisar um possível reajuste da medicação e um potencial encurtamento dos períodos do reforço da vacina.

  1. Vista roupa comprida

Prefira vestuário de cores claras, folgado e de fibras naturais, que tape grandes áreas do corpo. Opte por calças e camisolas de manga comprida, para evitar a exposição da pele.

  1. Use repelente de insetos

Aplique repelente contra mosquitos nas áreas expostas do corpo (pescoço, braços, pernas, mãos), evitando o contato com os olhos, nariz e boca e renove a aplicação periodicamente, de três em três horas. Leia as instruções dos produtos.

Cuidando de quem traz resultados, pessoas!