Campanha “Junho Vermelho” estimula doação de sangue

doe-sangue

O movimento “Eu Dou Sangue” iniciou as ações de sua campanha “Junho Vermelho”, em todo o Brasil, com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância de doar sangue.

A ação é fundamental para os bancos de sangue, que, além de já enfrentarem a baixa adesão de doadores nesta época do ano por conta do frio, estão com seus estoques comprometidos depois da greve dos caminhoneiros.

Em São Paulo, segundo a Fundação Pró-Sangue, parceira do Movimento “Eu Dou Sangue” e responsável pelo abastecimento de grande parte dos hospitais públicos da Grande São Paulo, os estoques estão baixos, com menos de 40% do ideal.

Uma pesquisa realizada em 2017, encomendada pelo movimento, em parceria com o Instituto Datafolha, indica que o brasileiro não costuma doar sangue: cerca de 92% dos entrevistados declararam que não participaram de doações nos últimos 12 meses.

O “Junho Vermelho” surgiu para alertar os brasileiros de que sangue não se compra, não se fabrica e que qualquer pessoa a qualquer momento pode participar dele. A doação é rápida, dura cerca de 10 minutos, e são retirados cerca de 400ml de sangue de cada doador, o que pode salvar muitas vidas.

Onde doar:

Para saber onde há bancos de sangue, você pode acessar o site do Movimento Eu Dou Sangue www.eudousangue.com.br/onde-doar/

Cuidando de quem traz resultados, pessoas!